chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

domingo, 19 de junho de 2011

Assembléia de Deus de Ouro Preto comemora 40 anos

Em 1973, mais precisamente no dia 20 de Junho, foi dirigido o primeiro culto dentro do perímetro urbano

Assembléia de Deus de Ouro Preto comemora 40 anos

A igreja Evangélica Assembléia de Deus de Ouro Preto do Oeste (IEAD/OPO) representada por seu pastor presidente, José Pocidônio Aparecido da Silva, nesse momento histórico, comemora-se 40 anos de instalação no município, quando a igreja nacionalmente celebra os cem anos de existência no Brasil. Fazendo parte desse processo, a IEAD/OPO, tem a honra de mostrar sua história e como Deus tem abençoado. Os primeiros cultos foram dirigidos no ano de 1971, no Km 04 da linha 81, na casa do irmão José Ferreira, e na Gleba 17, na casa do irmão Elízio Fialho (ambos in memorian).




Em 1973, mais precisamente no dia 20 de Junho, foi dirigido o primeiro culto dentro do perímetro urbano, na casa do irmão Laurentino. Dois anos após, no dia 29 de Julho de 1975, foi efetuada a inauguração do primeiro templo em alvenaria na metragem de 8x12, sendo realizado o primeiro batismo nas águas na região de Ouro Preto, tendo naquele dia sido batizados 43 novos crentes. Após emancipação, que aconteceu em 1984, a igreja foi primeiramente pastoreada pelo pastor Cezínio de Oliveira Dias (in-memorian). Com a jubilação de Cezínio, a direção da igreja foi transmitida ao pastor Ermelino Alves de Araujo (in-memorian) que a presidiu por 21 anos, quando foi jubilado.




Deus havia estabelecido propósitos para igreja de Ouro Preto, após a morte do pastor Ermelino Alves, a Convenção Estadual de Ministros da Assembléia de Deus de Rondônia (CEMADERON) envia para assumir a IEAD, o dinâmico pastor José Pocidônio Aparecido da Silva, este chega com muita coragem e destemor; sem perda de tempo, juntamente com o corpo de obreiros, planeja e põe em execução várias ações no município, dentre elas, a transferência da sede para a Avenida Duque de Caxias, local onde ampliou (triplicou) a capacidade do templo, além de modernizar as instalações e sistema de sonorização.




A nova sede tem capacidade de abrigar cerca de 1.000 pessoas sentadas, além de outras 40 congregações espalhadas no município, sendo 09 na zona urbana, quase todas já construídas em alvenaria, chegando ao todo aproximadamente a 5.000 (cinco mil) membros/congregados, além das crianças. O ministério local conta com 20 pastores, 29 evangelistas, 60 presbíteros e 80 diáconos, além de muitos cooperadores e cooperadoras. Na área de assistência social a igreja conta com uma Associação já estruturada, reconhecida como de utilidade pública e apta para atender a comunidade.



O setor educacional é atendido pela Escola Gamaliel, oferecendo o ensino infantil e fundamental até o 5º ano. A comunicação em massa é feita por uma emissora de radiodifusão comunitária, gerida por uma associação, vinculada à igreja, veiculando uma programação estritamente comunitária e evangélica. Dentre os grandes eventos realizados pela igreja, destacam a préinauguração do templo sede, que contou com a participação do pastor José Welinghton Bezerra da Costa, Presidente da Convenção Geral da Assembléia de Deus no Brasil (CGADB) e do pastor Nelson Luchtenberg, presidente da CEMADERON.



A igreja realizou o XIX Comaderon, Congresso de Jovens das Assembleias de Deus em Rondônia, com a participação de mais de 20.000 pessoas. Assim, teve inicio e continua a obra de Deus em Ouro Preto, marcada pela presença e atuação do Espírito Santo nos corações que se propuseram de uma forma voluntária e espontânea fincar o marco do Evangelho da paz e transpor todos os obstáculos, abrindo caminho para que hoje pudéssemos contemplar e desfrutar dos grandes feitos e realizações existentes. Segundo Posidônio, “agora, em que estamos participando de uma data singular na história da Igreja no Brasil (O Centenário), redobramos as responsabilidades e compromissos com o reino de Deus, no intuito de prosseguirmos com firmeza e dedicação na expansão de limites, com passos firmes e dirigidos pelo Espírito Santo, lançando a rede e conquistando mais almas para Cristo, somente assim estaremos certos da missão cumprida”, destaca o pastor.




100 Anos das Assembléias de Deus no Brasil





As Assembléias de Deus no Brasil no mês de junho está comemorando 100 anos de fundação, precisamente no dia 18 de Junho de 2011. Desde o início as Assembleias de Deus vem mantendo acesa a chama do Avivamento Pentecostal.“Pouco tempo depois, Gunnar Vingren participou de uma convenção de igrejas Batistas em Chicago. Essas igrejas não aceitaram o Movimento Pentecostal. Ali ele conheceu outro jovem sueco que se chamava Daniel Berg. Esse jovem também fora batizado com o Espírito Santo.




Após uma ampla troca de informações, experiências e idéias, Daniel Berg e Gunnar Vingren descobriram que Deus os estava guiando na mesma direção, isto é: o Senhor desejava enviá-los com a mensagem do evangelho para terras distantes, mas nenhum dos dois sabia exatamente para onde seriam enviados. Algum tempo depois, Daniel Berg foi visitar o pastor Gunnar Vingren em South Bend. Durante aquela visita, quando participavam de uma reunião de oração, o Senhor lhes falou, através de uma mensagem profética: Belém do Pará. Nenhum dos presentes conhecia aquela localidade. Após a oração, os dois jovens foram a uma biblioteca à proucura de um mapa que lhes indicasse onde o Pará estava localizado. Foi quando descobriram que se tratava de um Estado do Norte do Brasil.





Compromisso com a proclamação da palavra de Deus




Sendo uma comunidade de fé, serviço e adoração, as Assembleias de Deus não pode furtar-se às suas obrigações – proclamar o evangelho de Cristo e promover o espiritual, moral e socialmente o povo de Deus. Para o pastor José Posidônio, “somente assim estaremos nos firmando definitivamente como agência do Reino de Deus”. Consciente de sua missão, as Assembleias de Deus não prevalecem o fato de ter, segundo dados do IBGE (Censo 2000), mais de oito milhões de membros. Apesar de sua força e penetração social, optou por agir profeticamente e sacerdotalmente. Se por um lado, protesta contra as iniqüidades sociais, por outro, não se pode descuidar de suas responsabilidades intercessoras. “As Assembléias de Deus não são a única igreja. Deus está usando muitos outros para alcançar o mundo para Ele. Nos cenário brasileiro e mundial somos uma das muitas denominações comprometidas em conduzir crianças, adolescentes, jovens e adultos a Cristo”, finalizou Posidônio.

Autor: Rodrigo Guerreiro
Fotógrafo: Rodrigo Guerreiro


Foto 2
Ampliar
Foto 2
Ampliar
Foto 2
Ampliar
Foto 2
Ampliar

Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"